Nosso Blog - Categorias

Conhecendo cada Raça: Shar-pei

Shar-pei significa Pele de areia, ou pode ser traduzido como “pelo áspero”, “pelo arenoso” ou “pelo de lixa”, e refere-se às duas características distintivas do shar-pei: o pelo duro ao toque e a pele solta, cheia de dobrinhas.

Algumas histórias antigas afirmam que essa era uma característica importante nas brigas de rinha de cachorro, pois, caso o shar-pei fosse mordido ou ferido de alguma outra forma, sua pele solta evitaria que ele fosse ferido mais profundamente, o que protegeria seus órgãos.

Com sua pele enrugada e língua azul, o shar-pei é uma das raças mais raras do mundo e vive, em média, de 8 a 12 anos. Por suas dobrinhas pelo corpo e sua cara enrugada, alguém pode até achar que o shar-pei é uma raça de animais fofinhos, mas não se engane: ele é um cachorro dominador, de origem chinesa, e vai impor a sua vontade sempre que puder.

História

Essa é uma das raças mais antigas e raras do mundo, provavelmente o shar-pei tenha se originado na China antiga durante a dinastia Han (entre 206 a.C. e 220 d.C.). Essa teoria é sustentada pela descoberta de estátuas, datadas desse período histórico, próximas à cidade de Hong Kong, semelhantes ao shar-pei.

Assim como os chow-chow, seus supostos ancestrais mais próximos, acredita-se que o shar-pei tenha sido usado na China em atividades diversas, como cão de guarda, de tração, em competições em rinhas de briga e como cão de caça.

O shar-pei só passou a existir no mundo ocidental ao chegar aos EUA, em 1966, quando alguns cachorros foram importados em lote. Mas o interesse por esses cachorros aumentou em 1973, com a exportação de 6 exemplares.

Quando um criador da raça refugiado em Hong Kong, o sr. Matgo Law, temendo que a revolução comunista na China se expandisse e acabasse com a raça, – por considera-la uma raça burguesa- fez um apelo a entusiastas da raça nos EUA com a campanha “Salve o chinês shar-pei”.

Atualmente, o shar-pei felizmente está bem longe da extinção, mas continua sendo uma raça bastante rara e, portanto, um pouco mais difícil de ser encontrada.

Cores do Shar-pei

Uma das características mais marcantes do shar-pei é seu pelo duro, curto e eriçado, sem subpelos. As cores em geral são sólidas, mas alguns shar-pei podem apresentar coloração mais clara na cauda e na parte posterior da coxa.

A variação de cor vai do creme ao preto e a raça pode apresentar também pelagem em um tom próximo ao caramelo, que tem variações desde as mais avermelhadas às mais escuras, próximas do café com leite, dourada ou até canela.

Temperamento

Se você estiver procurando por um cachorro calmo, tranquilo e bastante independente, o shar-pei é a raça certa. Como é uma raça bastante inteligente, tende a ser menos obediente, fazendo com que seja necessário bastante adestramento por parte de seu tutor.

Apesar disso, se ele estabelecer uma boa relação com seu tutor, tende a ser amoroso, delicado e protetor com a família. Essas características fazem dele um ótimo cão de guarda. O shar-pei também é muito brincalhão e adora a companhia da família.

Brincalhões, os shar-pei são ótimos para as crianças mais velhas. Pois seu porte é um pouco grande e ele pode não entender muito bem que precisa moderar sua força. Já com estranhos é melhor não arriscar! Protetores e dominadores, esses animais não vão economizar na agressividade. E, se acharem que alguém representa uma ameaça para a família, irão atacar.

O mesmo pode ser dito com relação a outros animais, é necessário ter sempre a supervisão do um tutor na interação com outros cachorros.

Quando está na calma e no conforto da sua rotina diária em família, o shar-pei vai ser brincalhão e descontraído, mas ao mesmo tempo, pacato. Portanto lembre-se que ele precisa de exercícios diários ou pode ficar agressivo, principalmente com outros cães, por sua personalidade dominadora.

Saúde

Apesar de costumar ser saudável, o shar-pei pode apresentar algumas condições típicas da raça. Veja a seguir algumas em que você deve ficar de olho:

– Olhos: Ele pode sofrer de uma condição chamada entrópio, quando a pálpebra fica invertida, e volta-se para o globo ocular. Isso pode gerar infecções e irritações e, se não cuidado, pode levar à cegueira. Por sua tendência a ter problemas oculares, é bom verificar os olhos do seu shar-pei diariamente, limpando com soro fisiológico e ficando atento a sinais de coceira e vermelhidão.

– Febre do Shar-pei: Trata-se de uma doença autoimune, passada dos pais para o filhote por um componente genético. Essa condição cursa com inflamação de alguma parte de seu corpo como resposta por seu sistema imunológico desregulado, muito ativo e sensível.

Normalmente a parte mais afetada é o jarrete, pequeno cotovelo na pata traseira do animal, que costuma inchar e causar problemas de articulação, mas também pode afetar o focinho e os lábios. Os sintomas mais comuns da doença são febre, inflamação e desconforto abdominal.

– Quadril: por ser uma raça de grande porte, o shar-pei pode sofrer de problemas articulares, como displasia do quadril. A condição é comum em cães de tronco largo.

Embora adore ter aquele momento de reflexão e descanso, o shar-pei exige exercícios diários. Mas é necessário cuidar com o excesso de exercícios, principalmente para não sobrecarregar as articulações do quadril.

Lembrando

A Clinica Veterinária PataAmar atua na cidade de Cascavel e região, no interior do Paraná (PR). Temos atendimento de urgência e emergência veterinária com plantão vinte e quatro horas ( 24 horas ) por dia, sete (7) dias da semana.

Contando com ótimos veterinários, especializados para atendimento rápido a qualquer momento, dia e noite, colocando seu filhote em primeiro lugar. Além de oferecer serviços como exames de imagem para o seu dog, como radiografia (Raio x), ultrassonografia, endoscopia.

Temos ainda, fisioterapia veterinária, vacinação com as melhores vacinas do mercado, todos os tipos de cirurgias. Incluindo castração de cães e gatos, limpeza de tártaro, internamento veterinário para seu pet, exames laboratoriais, como hemograma, entre outros.

Venda de produtos como caminhas, caixas de transporte, ração, remédios/medicamentos, brinquedos, coleiras, roupinhas e inúmeros outros produtos de primeira qualidade.

Disponibilizando ainda taxi para o seu pet (o famoso PataMóvel Táxidog) para realizar serviços de busca e atendimento domiciliar. Uma ambulância móvel, para um cuidado com o maior carinho e qualidade superior, da forma que seu animalzinho merece.

Serviços Oferecidos tanto para cachorro, gato, como até mesmo para animais silvestres, incluindo coelho, aves e hamsters. Oferecendo preço justo com atendimento bom e barato, com todo o comprometimento que seu animal de estimação merece.

Além disso, inauguramos nosso novo espaço, o Recanto PataAmar, oferecendo excelente atendimento nas áreas de Banho e tosa, com o melhor atendimento na área de estética animal.

Contamos ainda com Creche para cachorros de todos os portes brincarem enquanto você estiver no trabalho. Petshop e Hotel para cães e gatos (para quando precisar viajar), em um local aconchegante e seguro para os seu amigo de patas poder relaxar e se divertir.

Pois aqui elevamos o cuidado veterinário à um novo patamar.

Responsável Técnica:
Médica Veterinária Jéssica Caroline de Almeida Vendrame CRMV-PR: 18.560
Rua Francisco Bartinik, 1415, Cascavel/PR
Fone: (45) 9.9155-3286

Nosso objetivo é mudar o mundo através do amor com os animais.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe

Últimas Postagens

Clínica Veterinária 24 horas (24H)

Os tutores que buscam por clínica veterinária 24 horas podem procurar a PataAmar Clínica Veterinária, localizada no município de Cascavel Paraná, e contar com uma

Leia Mais